0800 033.3393 +55 11 97095-1626
O que é recidiva e como ela acontece?

O que é recidiva e como ela acontece?

Publicado por: Wecare Publicado: 16/10/2018 Visitas: 1727 Comentários: 0

O tratamento contra o câncer tem o objetivo primário de obter a cura do paciente e o extermínio de todos os resíduos de células cancerosas no organismo. Mesmo assim, ainda é possível que ocorra a recidiva, nome dado à recorrência do câncer de mesmo tipo.

No post de hoje, vamos ver o que é recidiva e como ela acontece.

 

O que é recidiva? 

Quando um câncer é diagnosticado após o tratamento, e depois de um período onde ele não pode ser identificado, chamamos de recidiva. Esse câncer pode voltar no mesmo lugar do corpo onde apareceu primeiro, ou em algum outro lugar do organismo.

Quando o câncer se espalha para outras partes do corpo, ele ainda é nomeado pela parte do corpo onde se iniciou a doença. Por exemplo, um câncer de próstata pode voltar na região da região da glândula da próstata, mesmo se essa glândula foi removida, ou pode voltar nos ossos. De ambas as formas, ele ainda é chamado de recidiva de câncer de próstata e, nestes casos, o câncer nos ossos é tratado como câncer de próstata.

Se um câncer for diagnosticado após um tratamento contra o câncer, como a quimioterapia ou a radioterapia, serão feitos exames para constatar se este se trata do mesmo tipo de câncer de antes, ou de um outro tipo.

Não é possível prever as chances de um câncer de ter recidiva, mas um câncer é mais difícil de tratar e apresenta maior probabilidade de voltar se:

Tiver crescimento acelerado

Estiver disseminado para outras regiões

 

A maioria dos tipos de câncer apresenta recidiva em padrões típicos. Converse com seu médico ou equipe médica a respeito para saber mais detalhes.

 

Quais são os tipos de recidiva? 

Existem tipos diferentes de recidiva. Veja a seguir:

  • Recidiva local: é o câncer que volta no mesmo lugar onde ocorreu o primeiro câncer.

  • Recidiva regional: é o câncer que volta nos linfonodos próximo à região do primeiro câncer.

  • Recidiva distante: significa que o câncer voltou em outra parte do corpo, a certa distância de onde apareceu primeiro. Pode acontecer nos pulmões, fígado, ossos, cérebro, entre outros.

Se você tiver uma recidiva, seu médico ou equipe médica pode te dar maiores informações acerca do tipo de recidiva e o que significa ter esse tipo de recidiva. Geralmente também cabe à equipe médica conversar com o paciente a respeito das opções de tratamento e, se for o caso, do prognóstico.

 

Sobre o câncer e a recidiva 

Câncer controlado 

O médico pode usar o termo câncer controlado se os exames mostrarem que o câncer ainda existe, mas não está evoluindo ou mudando no decorrer do tempo. Controlado significa que o tumor parece não estar crescendo ou se disseminando.

Outro termo que o médico pode usar é dizer que a doença está estável. Alguns tumores podem permanecer do mesmo tamanho por um longo período, mesmo sem tratamento. Alguns ficam do mesmo tamanho após o tratamento e são observados para garantir que não voltem a crescer novamente.

 

Câncer evoluiu 

Quando um câncer cresce, o status do câncer muda e o médico pode dizer que o câncer evoluiu. A maioria dos testes clínicos define que um tumor evoluiu quando há um aumento de 25% ou mais em seu tamanho.

 

Qual a diferença entre recidiva e evolução? 

Quando um câncer se dissemina ou piora, isso é chamado de evolução. Algumas vezes é difícil diferenciar uma evolução de uma recidiva. Por exemplo, se o câncer volta após apenas 3 meses, é possível que ele não estivesse realmente curado, e que se trate de uma evolução, e não de uma recidiva. Neste caso, podem ter acontecido duas coisas:

 

A cirurgia de retirada do tumor não o removeu completamente 

Pequenas porções de células cancerosas que não podiam ser vistas ou encontradas nos exames foram deixadas para trás. Com o tempo, elas crescem o bastante para aparecer em exames ou causar sintomas. Esse tipo de câncer tende a ser mais agressivo, crescendo e se disseminando mais facilmente.

 

O câncer se tornou resistente ao tratamento 

As células cancerosas podem se tornar resistentes ao tratamento assim como bactérias podem se tornar resistentes a antibióticos. Isso significa que a quimioterapia ou a radioterapia podem ter matado a maioria dessas células, mas algumas delas podem não ter sido alteradas ou afetadas o suficiente para serem extinguidas. Essas células podem então crescer e aparecer novamente.

 

Quanto menos tempo decorrido entre a suposta cura do câncer e a recidiva, mais séria pode ser a situação. Não existe limite de tempo para determinar se é recidiva ou evolução, mas a maioria dos médicos considera recidiva a volta do câncer após 1 ano sem sintomas.

 

Resposta e remissão 

Remissão total 

Quando um tratamento se livra completamente de todos os tumores que apareciam nos exames, isto é chamado de remissão total, ou resposta total. Contudo, isso não significa que o câncer foi curado, e sim que ele não aparece mais nos exames.

 

Remissão parcial 

No geral, uma resposta ou remissão parcial significa que o câncer respondeu ao tratamento, mas ainda não desapareceu. Uma resposta parcial é mais frequentemente definida como uma redução de, no mínimo, 50% de volume no tamanho do tumor.

Essa redução precisa se manter por, no mínimo, um mês, para ser qualificada como resposta.

 

Segundo câncer 

Um segundo câncer é diferente de uma recidiva. Enquanto a recidiva se trata do mesmo tipo de câncer, um segundo câncer é uma doença que se originou em outra localidade do organismo.

Por exemplo: um paciente que teve câncer de próstata e apresentou remissão total nos exames, e após um período apresenta câncer no fígado (originado nas células do fígado) possui um segundo câncer, e não um câncer de próstata que se disseminou para o fígado.

Converse com seu médico em caso de dúvidas sobre qualquer assunto relacionado ao câncer. A equipe médica é a melhor fonte de conhecimento sobre o assunto que você poderá encontrar.

 

 

Fontes:

https://www.cancer.org/treatment/survivorship-during-and-after-treatment/understanding-recurrence/what-is-cancer-recurrence.html

Produtos relacionados

Posts relacionados

Comentários

Escreva o comentário

Veja todas Últimos Posts