0800 033.3393 +55 11 97095-1626
O que fazer com a coceira durante a quimioterapia?

O que fazer com a coceira durante a quimioterapia?

Publicado por: We Care Publicado: 06/02/2019 Visitas: 1800 Comentários: 0

A quimioterapia é um dos tratamentos contra o câncer que apresentam melhor eficácia. Sua capacidade de percorrer a corrente sanguínea possibilita que os medicamentos atuem em qualquer região do corpo.

Porém, por este mesmo motivo, podem surgir alguns efeitos colaterais. Esses efeitos podem ser percebidos na pele, nas funções digestivas, na qualidade do sono, nos cabelos, entre outros efeitos.

Um deles é a coceira na pele, que geralmente aparece devido ao ressecamento causado pela quimioterapia. No post de hoje, você vai aprender o que fazer com a coceira na pele durante a quimioterapia.

 

Como a quimioterapia funciona? 

A quimioterapia tem por objetivo destruir as células de rápida divisão celular, sobretudo aquelas que têm crescimento acelerado e descontrolado.

Como é um tratamento sistêmico, ou seja, age sobre todo o organismo, não é possível fazer com que ela atue somente sobre as células do câncer. Portanto, a quimioterapia também age em células sadias do nosso corpo.

É isso que ocasiona o aparecimento dos efeitos colaterais. O melhor exemplo é a queda de cabelos, que são células de divisão acelerada. O medicamento não consegue diferenciar essas células das células do câncer, e acaba atacando todas elas.

A proteção natural da pele também contém células de crescimento rápido e descontrolado e, por isso, também sofre os efeitos. O principal efeito colateral na pele é o ressecamento, mas com ele vêm diversos outros efeitos, caso o paciente não cuide de sua pele da forma correta.

 

Quais são os efeitos colaterais da quimioterapia na pele? 

1 – Ressecamento 

O primeiro efeito colateral causado pela quimioterapia não é a coceira na pele, e sim o ressecamento. A pele perde sua proteção natural com esse ressecamento, ficando exposta à ação de agentes externos.

 

2 – Coceira na pele e vermelhidão 

Se o paciente não cuidar da pele desde o início do tratamento, vem a coceira e a vermelhidão. A coceira durante a quimioterapia pode ser incômoda, já que ocorre por toda a extensão da pele. Por isso, o paciente deve se precaver para que ela não apareça.

 

3 – Síndrome mão-pé 

A síndrome mão-pé é um ressecamento acentuado nas palmas das mãos e solas dos pés, mas que também pode aparecer em joelhos e cotovelos, causada por vários quimioterápicos.

Junto com o ressecamento vem uma hipersensibilidade, dificultando a realização de tarefas simples do dia-a-dia, como calçar um sapato ou lavar as mãos.

 

4 – Agravamento das condições 

Se a pele do paciente não receber os cuidados necessários o , os efeitos podem se agravar até que surja uma infecção na pele, que está desprotegida. Isso pode ocasionar o aparecimento de feridas sobre a pele.

Se você quiser mais sobre os efeitos da quimioterapia, acesse nosso post sobre o assunto.

 

O que fazer com a coceira na pele durante a quimioterapia? 

Hidratação! A pele precisa ser hidratada para recuperar sua proteção natural e evitar efeitos de agentes externos. O que causa a coceira durante a quimioterapia não é a ação dos medicamentos em si, mas a ação externa que ganha força devido à perda da hidratação e proteção.

Mas é preciso ressaltar que não basta simplesmente hidratar a pele com qualquer loção hidratante que você tiver em casa. Existem componentes comumente presentes na maioria dos cosméticos de uso diário que são altamente agressivos à pele do paciente que está passando pela quimioterapia.

O uso de produtos contendo essas substâncias pode agravar a situação ao invés de ajudar. É preciso cautela e conhecimento para saber o que usar. O conhecimento você vai adquirir agora mesmo.

Os principais componentes altamente agressivos à pele do paciente são: ureia (um tipo de hidratante), parabeno (um conservante), fragrâncias e corantes. Qualquer produto que contenha uma ou mais dessas substâncias não é recomendada aos pacientes oncológicos.

 

Mas então, o que eu devo usar? 

Se você quer uma solução para a coceira durante a quimioterapia, precisa de produtos que sejam livres desses componentes, ou a coceira simplesmente se agravará. Felizmente, a Wecare Skin está ciente desse detalhe.

Os produtos da Wecare são fabricados sem adição de qualquer componente agressivo à pele do paciente oncológico. Ou seja, eles foram desenvolvidos especialmente para quem está passando pelo tratamento.

Todos os produtos atuam para hidratar e recuperar a proteção natural da pele, com componentes de origem natural, como aveia, aloe vera, camomila, manteiga de karité e ingredientes derivados de processos de biotecnologia.  

 

Washcare 

O Washcare é uma espuma de limpeza que remove a sujeira de forma suave, sem remover a proteção da pele. A maioria dos sabonetes é agressiva à pele do paciente, ressecando e a deixando desprotegida. Washcare ajuda a recuperar a proteção natural, deixando uma agradável sensação de bem-estar.

 

Moistcare 

O Moistcare é uma loção hidratante com ativos concentrados. Ela hidrata profundamente, recuperando a proteção da pele. Com seu uso, você já vai sentir uma grande melhora na coceira durante a quimioterapia.

 

Extremecare 

O Extremecare é um ultra-hidratante especialmente desenvolvido para as áreas mais ressecadas ou mais afetadas pelo tratamento, como mãos, pés, joelhos e cotovelos. Sua alta concentração de componentes hidratantes penetra fundo na pele para recuperar a hidratação e proteção de dentro para fora.

 

Fazendo o uso correto dos produtos da Wecare Skin, você conseguirá resolver o problema da coceira durante a quimioterapia. Lembre-se de compartilhar esse conhecimento, pois outras pessoas podem estar passando pelo mesmo problema que você!

Produtos relacionados

Posts relacionados

Comentários

Escreva o comentário

Veja todas Últimos Posts