0800 033.3393 +55 11 97095-1626
Pacientes com câncer podem usar remédios como analgésicos e antigripais?

Pacientes com câncer podem usar remédios como analgésicos e antigripais?

Publicado por: Wecare Publicado: 09/10/2018 Visitas: 1247 Comentários: 0

O tratamento contra o câncer é feito, geralmente, com quimioterapia ou radioterapia, além da cirurgia em diversos casos. Esses tratamentos atuam de forma a destruir as células tumorais e eliminar a doença.

Porém, o sistema imunológico do organismo humano fica fragilizado ao longo deste tratamento, o que pode acabar contribuindo para a contração de gripes, resfriados, dentre outros sintomas aos quais estamos acostumados a lidar.

E se se houver uma gripe ou dor de cabeça, será que pacientes com câncer podem usar remédios como analgésicos e antigripais? No post de hoje, vamos tirar essa dúvida recorrente em pacientes que estão passando pelo tratamento.

 

Sintomas diversos em pacientes com câncer 

Durante o tratamento, alguns pacientes podem apresentar febre, dores de cabeça, náuseas e vômitos. Alguns desses sintomas são efeitos colaterais do tratamento, enquanto outras não são.

Por exemplo, se o paciente tiver uma febre, a equipe médica precisa ser avisada. Febre pode ser um sintoma de infecção, de forma que precisa ser tratada o quanto antes, especialmente em pacientes oncológicos.

Por isso, tomar medicamentos que suprimam a febre não é indicado, pois uma infecção pode não ser descoberta em seu estágio inicial, se fazendo notar apenas quando piora. Um dos medicamentos com este efeito é o paracetamol, e o médico pode não o receitar durante a quimioterapia por causa disso.

Já no caso da gripe, é comum sua ocorrência durante o tratamento, especialmente no inverno, devido à fragilização do sistema imunológico e da alta circulação de vírus e bactérias. Pacientes com câncer só podem tomar remédios antigripais que serão receitados pelo médico.

 

Interações medicamentosas 

Alguns pacientes não podem tomar certos tipos de medicamentos cujas fórmulas contenham substâncias às quais o paciente é alérgico, ou no caso de interações medicamentosas.

Um exemplo é uma substância chamada ácido acetilsalicílico. Este componente pode reagir com outros medicamentos causando efeitos indesejados no organismo do paciente, tanto devido à quimioterapia quanto a outros medicamentos do próprio tratamento.

Ocorre que boa parte dos antigripais  contém ácido acetilsalicílico. Somente o médico poderá dizer se o medicamento pretendido não terá interações medicamentosas com outros remédios que o paciente estiver tomando. Além disso, é muito importante informar ao médico sobre alergias que o paciente tenha em relação a algum componente na fórmula desses medicamentos.

Se não houver interação medicamentosa, mas o paciente tiver alergia a um dos componentes na fórmula, então aquele paciente com câncer não pode usar esse remédio, e deve ser receitado outro que não apresente nem interação, nem alergia.

Pacientes com câncer não podem usar remédios em casa sem orientação médica, nem mesmo lendo a bula. O conhecimento técnico é muito importante neste momento. A única exceção é se o médico já havia receitado esse medicamento previamente, para o caso de ser necessário fazer o uso.

Portanto, uma dica para a próxima vez que você for ao médico é pedir uma indicação de medicamentos que possam ser utilizados em casos simples, como dores de cabeça ou gripes. Com as indicações do médico, os pacientes com câncer podem usar remédios para casos de baixa urgência, mas devem informar à equipe médica que usaram ou estão usando esses medicamentos.

 

Quais medicamentos o médico pode receitar? 

Entre os medicamentos que podem ser receitados pelo médico para diversos casos, estão:

Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs)

  • Antigripais

  • Analgésicos

  • Antidepressivos

  • Esteroides

  • Antibióticos

O uso de esteroides é de determinação médica e jamais o paciente com câncer pode usar remédios esteroides sem consultar o médico antes. O mesmo vale para todos os outros, salvo o caso mencionado da recomendação prévia para medicamentos que não precisem de receita.

Mesmo assim, antes de fazer uso de qualquer medicamento, leia atentamente a bula e verifique as interações medicamentosas e contraindicações. Em caso de dúvida, leve a bula e o medicamento até o médico e pergunte se pode ser feito o uso.

No caso das dores de cabeça, alguns meios de prevenir e aliviar o sintoma são garantir uma boa noite de sono, se alimentar adequadamente e reduzir o estresse, além das técnicas complementares como acupuntura e massagem. Se nada disso funcionar, o paciente com câncer pode usar remédios analgésicos sob orientação médica.

 

Outras orientações sobre uso de medicamentos 

Se você se esquecer de tomar um dos seus medicamentos, deve seguir as orientações médicas. Alguns medicamentos recomendam pular a dose, enquanto outros recomendam tomar a dose o quanto antes e reformular os horários.

Peça a orientação ao seu médico, dizendo qual o caso para cada medicamento que você estiver tomando. Medicamentos tomados 1 vez ao dia podem ser tomados assim que você se lembrar. Já no caso dos antibióticos, é de suma importância que você não se esqueça, pois os horários corretos são de vital importância para o tratamento.

Se você tiver dificuldades em se lembrar de tomar os medicamentos, escreva os horários em um papel e deixe em algum lugar da casa de fácil visualização, como na geladeira, preso por um ímã.

Informe à equipe médica sobre todos os medicamentos que você toma de forma regular ou esporádica, bem como alergias a componentes nas fórmulas dos remédios. Se você estiver com dificuldade de ler o que está escrito na receita, peça para que o farmacêutico reescreva a receita de forma legível, com letras grandes, incluindo os horários da prescrição.

Peça ao médico que coloque informações por escrito na receita, como a forma de tomar o medicamento, se precisa ser tomado em jejum ou não, dentre outras informações que norteiam o uso deste medicamento.

 

Gostou do post? Que tal ajudar outras pessoas a descobrirem se pacientes com câncer podem usar remédios como analgésicos e antigripais? Compartilhe com seus amigos!

 

 

Fontes:

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/orientacoes-sobre-a-utilizacao-dos-medicamentos/8005/168/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/dor-de-cabeca/1328/109/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/antiinflamatorios/7673/902/

Produtos relacionados

Posts relacionados

Comentários

Escreva o comentário

Veja todas Últimos Posts