0800 033.3393 +55 11 97095-1626
Qual a importância da equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer? 

Qual a importância da equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer? 

Publicado por: Wecare Publicado: 29/08/2018 Visitas: 3140 Comentários: 0

O tratamento oncológico envolve etapas diversas e para cada uma delas existe um profissional especializado para oferecer o melhor atendimento.

Para cada paciente, as condições podem ser diferentes, motivo pelo qual vamos falar sobre a importância da equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer. Cada membro dessa equipe desenvolve um papel importante e essencial.

Desde o diagnóstico até o acompanhamento após o tratamento, os profissionais atuam de forma relacionada e especializada, aliando seus conhecimentos para conseguir formar essa equipe e ter mais eficiência.

 

Por que existe a equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer? 

A medicina é um dos campos mais vastos do conhecimento humano. Um médico oncologista pode passar cerca de 10 anos estudando antes de se tornar um especialista, sendo 6 anos de formação em medicina, a pós-graduação em oncologia e mais 2 ou 3 anos de residência clínica ou estágio em instituição reconhecida.

Mesmo assim, seria praticamente impossível que esse profissional trabalhasse sozinho. É essencial ter o apoio de um enfermeiro oncologista, por exemplo, para aplicar e intermediar o tratamento entre paciente e médico.

Além dele, existem outros profissionais envolvidos que se dedicam a ajudar de outras formas, como o nutricionista, já que a alimentação é primordial em qualquer tratamento médico.

Para determinar um plano de tratamento, é preciso saber tudo a respeito do paciente, suas condições, tipo de tumor, medicamentos disponíveis, entre diversos outros detalhes. É por isso que existe a equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer.

 

Como é composta a equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer? 

 

Médico oncologista 

O médico oncologista é quem irá   avaliar as condições do tumor, de saúde do paciente, o tratamento indicado, e a evolução do tratamento.

O médico oncologista determina o rumo geral do tratamento, qual a forma de tratamento a ser aplicada, se será necessário realizar cirurgia, quimioterapia, radioterapia, ou alguma outra forma de tratamento.

Ele também avalia a resposta do tratamento para saber se o mesmo está sendo eficaz ou se é necessário mudar a forma de tratamento. Além disso, também avalia os efeitos colaterais que podem surgir ao longo do tratamento oncológico.

 

Enfermeiro oncológico 

Especializado no atendimento de pacientes com câncer, o enfermeiro oncológico é, na maioria das vezes, quem administra (aplica) o tratamento, acompanha os procedimentos com o paciente, colhe informações acerca de efeitos colaterais, avalia suas queixas e o orienta sobre a doença.

Quanto aos efeitos colaterais, esses devem ser passados ao médico oncologista também, mas geralmente é o enfermeiro quem tem o papel de registrar essas informações.

O enfermeiro oncologista aplica a medicação, realiza curativos quando necessários e auxilia o paciente da forma que for preciso, dando apoio imediato às suas solicitações e necessidades.  

 

Nutricionista 

A alimentação é a melhor forma que temos de nutrir o nosso organismo para que ele se mantenha forte e reaja de maneira positiva ao tratamento. Por isso, o nutricionista desempenha um papel muito importante para a equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer.

Ele é quem vai determinar a dieta do paciente, o que é recomendado e o que não deve ser consumido, a quantidade de cada nutriente, entre outros detalhes relativos à alimentação. O nutricionista também pode indicar alimentos a fim de amenizar e combater os efeitos colaterais, como as náuseas, por exemplo.

 

Farmacêutico 

O farmacêutico é um especialista em medicamentos e sua relação com o organismo do paciente. Ele poderá avaliar a qualidade de um fármaco, sua composição, seus efeitos sobre o paciente, os fornecedores do medicamento e as reações adversas do paciente.

Atuando juntamente com o restante da equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer, o farmacêutico consegue ajudar a determinar os melhores medicamentos a serem utilizados em cada caso, a fim de maximizar a eficiência e minimizar riscos de reações adversas.

Além disso, ele faz o acompanhamento do paciente, avaliando suas condições e resposta aos fármacos.

 

Equipe radioterápica 

No caso da radioterapia, existe toda uma outra equipe dentro da equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer. Desde o médico rádio-oncologista, que determina a necessidade da radioterapia, até o técnico radioterápico, que posiciona o paciente e opera o equipamento.

Esta equipe contém cerca de 10 profissionais exclusivamente dedicados à radioterapia dentro da equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer. Alguns têm a função exclusiva de analisar os resultados dos exames, enquanto outros determinam a dose e intensidade do feixe de radiação a ser aplicado.

 

A importância da equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer 

Para que o tratamento seja eficiente, muitos detalhes devem ser observados, o que torna a equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer tão importante. Seja no tratamento radioterápico, tratamento quimioterápico, cirurgia ou qualquer outra forma de tratamento, um planejamento completo é necessário.

A eficácia do tratamento vai depender das condições do paciente e do tumor, além do planejamento e análise de toda a equipe. Cada profissional é essencial para que o tratamento seja eficiente e seu papel não pode ser substituído.

Existem ainda profissionais de apoio, como psicólogos, equipe de terapia, odontologista, assistente social, entre outros. Tudo isso para que o paciente possa passar pelo tratamento com todo o suporte que puder ter.

Depois de conhecer um pouco mais sobre a atuação de cada profissional, fica fácil entender a importância da equipe multidisciplinar no tratamento contra o câncer.

 

Gostou do post? Compartilhe esse conhecimento com seus amigos! Será que eles sabem de toda a equipe que existe por trás do tratamento oncológico?

 

Fontes:

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/importancia-da-equipe-multidisciplinar-no-tratamento-do-cancer-de-mama-avancado/6296/810/

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/equipe-multidisciplinar/4618/698/

Produtos relacionados

Posts relacionados

Comentários

Escreva o comentário

Veja todas Últimos Posts